Dr. Flávio Key Miura - Diretor Técnico Médico. CRM 75.675 | RQE 21.776

    ENXAQUECA

    Enxaqueca, um problema que atinge 30 milhões de brasileiros

    Aquela dor de cabeça insuportável, que muitas vezes leva ao desespero, é conhecida por enxaqueca, um mal que acomete cerca de 30 milhões de brasileiros. As mulheres são mais prevalentes que os homens.
    A base da doença é orgânica, tem conhecida influência genética, estando presente em pessoas da mesma família. Mas é preciso salientar que o estresse psicológico pode desencadear crises ou mesmo piorar a intensidade das dores em pessoa susceptível.
    O fator alimentação também pode desencadear surtos de enxaqueca. Mas cada pessoa é mais sensível a um determinado alimento do que outro. Por isso, o consumo de chocolate, vinho, queijos, alimentos defumados, embutidos, conservas podem ser vilões para uns e não para outros. É preciso observar qual deles age como desencadeador para assim evitá-lo.
    “Outro princípio que deve ser observado é o problema de automedicação, que nos casos de enxaqueca, algumas classes de medicamentos, tomadas em excesso, contribuem para que ocorra mais dor de cabeça. Por isso, é preciso a orientação do médico para a prescrição correta e até mesmo para evita-los”, lembra o neurocirurgião e especialista em tratamento da dor, Joel Teixeira.
    Apesar da falta de estudos mais contundentes de ordem econômica, é possível observar que os prejuízos em decorrência da enxaqueca podem ser estratosféricos, levando-se em conta o absenteísmo (ausência no trabalho) ou mesmo quando o funcionário comparece, mas tem a produtividade prejudicada em função do problema de saúde. Por todos esses fatores, é importante a consulta médica para determinar o tratamento mais adequado para cada pessoa.
    Além da enxaqueca comum, existe também a chamada Cefaleia em Salvas. Trata-se de outro tipo de dor de cabeça, mais raro e mais severo que a enxaqueca. A causa também está ligada possivelmente à genética do paciente. As dores são mais intensas de um lado da cabeça ou no rosto durante os surtos. Ainda ocorrem fenômenos de lacrimejamento e vermelhidão do olho do lado afetado e também constipação nasal do mesmo lado. É considerada uma das dores mais intensas que o ser humano pode sofrer. Por isso, é preciso o diagnóstico de um especialista.

    Consultoria médica

    Dr. Joel Teixeira, médico neurocirurgião, especialista em tratamento da dor, atua nos hospitais Sírio-Libanês, Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Hospital Villa-Lobos e na Clínica Osaka.

    CLÍNICA DE NEUROCIRURGIA
    DOR DE COLUNA

    CONTATO


    +55 11 2532.1649 | +55 11 2532.1654


    consultorio.osaka@gmail.com


    Rua Adma Jafet, 50 Sala 101
    Cerqueira César - São Paulo | SP.


    SIGA A OSAKA


    Copyright 2017 - clínica osaka. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por G5 SEO.